|Risoto de Shitake com Damasco|

Combinações simples fazem uma enorme diferença nas preparações do dia a dia, transformando tudo em festa. É assim que você conquista uma alimentação saudável sem perder o prazer nas suas refeições. 
Para se obter um bom risoto é preciso atenção nas características do arroz escolhido. Ao cozinhá-los, devem ter a característica de liberar amido, produzindo a cremosidade exigida ao prato. 

O arroz arbóreo é mais fácil de encontrar no mercado e de atingir o ponto certo. O canarolli demora um pouco mais, por outro lado, tende a absorver mais sabor dos ingredientes utilizados.  
Além disso, usar pouca manteiga no início e manter o líquido e o arroz sempre ferventes, mexendo constantemente. Finalizar com  manteiga fria e servir  imediatamente.

Nessa receita eu substitui a manteiga por requeijão vegetal, mas você também pode acrescentar o ghee (e a gente sempre usa a da Lótus) no final.

Ingredientes
1 xic. (chá) de arroz canarolli
2 ½ xic. (chá) + 2 col (sopa) de água
1 pedaço de alho poro picado (25 g)
1 ½  col (sopa) de azeite extra virgem
3 col (sopa) de vinho branco
1 ½  xic. (chá) de shitake seco hidratado
2/3 xic. (chá) de damasco hidratado
1 col. (sopa) de FUNGHI SALT
1 e ½  col (chá) de caldo de legumes e especiarias (eu usei o Veggie da Cuesta que reúne alho, aipo, cebola, gengibre, páprica doce, canela, curcuma, noz moscada, salsa , cenoura e muito mais, tudo isso sem sal!!!)
1 col. (chá) de sal rosa do Himalaya
2 col. (sopa) de limão siciliano
3 col. (sopa) de requeijão vegetal (sem lactose)

* Hidratar o shitake por 30 min em 1 e ½  xic de água morna, suco de limão e FUNGHI SALT. Coar e reservar o shitake.
Acrescentar a água onde foi hidratado o shitake, o caldo de legumes diluído em ½ xic. de água e reservar para cozinhar o risoto.
* Hidratar o damasco por 15 minutos no vinho e 2 col. (sopa) de água. Coar e reservar separadamente.

Picar o alho poro e refogar no azeite em fogo médio.
Acrescentar o arroz e o sal. Regar a panela com o vinho branco e mexe bem devagar, por alguns poucos minutos, até que os grãos comecem a perder a cor nas pontas.
Acrescentar o shitake e despejar o caldo preparado aos poucos, mexendo sempre (de fora para dentro), não deixando nunca secar até que um creme ligeiramente espesso envolva todo o arroz. Adicionar o damasco e continuar mexendo até que o caldo seja parcialmente absorvido.
Desligue a panela e acrescente o requeijão mexendo para finalizar.
Servir em seguida.

Se você gostou dessa Postagem RIsoto de Shitake com Damasco, envie para seus amigos e não esqueça de compartilhar em suas Mídias Sociais com a hastag #blogdavivigibertoni. Vou adorar saber o resultado!

Deixe sua opinião e comentário aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.