|Overtraining – o inimigo do corpo saudável|

O abuso na prática da atividade física é prejudicial.
As consequências não são tão simples como podem parecer. Elas vão da ordem muscular, passando por problemas nas articulações até envolver o sistema imunológico e psicológico no caso de atletas. E tem ainda como fatores agravantes uma dieta incorreta e a falta de descanso.
E esse tipo de atitude já tem nome: Overtraining.

Nas academias a busca pelo corpo perfeito, a perda de peso ou o aumneto da massa muscular aparecem como desejos principais entre os frequetadores. Na tentativa de melhorar o desempenho ou alcançar resultados rápidos a suas metas, atletas e praticantes intensificam os exercícios, sem dar tempo para o corpo se recuperar.

As consequências não são tão simples como podem parecer. Elas vão da ordem muscular, passando por problemas nas articulações até envolver o sistema imunológico e psicológico no caso de atletas. E tem ainda como fatores agravantes uma dieta incorreta e a falta de descanso.
E  esse tipo de atitude já tem nome: Overtraining.

No caso de corredores, por exemplo, além dos treinos exageram no volume da atividade física sem ter o descanso adequado e adotam uma dieta incorreta muitas vezes pela alta de tempo.
No caso das academias, é comum encontrar praticantes sem nenhum acompanhamento ou programa adequado, gerando abuso nas rotinas.

Com o exagero, a uma queda no condicionamento físico e exercícios de volumes elevados e alta intensidade ficam fatalmente prejudicados.
Isso sem mencionar que é preciso um período de recuperação para novas práticas, já que a dor é intensa.

Toda essa história já está até catalogada como um sério problema denominado de Overtraining.

Embora os sintomas Overtraining e necessidades de recuperação são muito individuais estudos já estabelecem os principais para o problema.

Pra começar, ocorre a queda no desempenho e surgem as dores musculares.
A insônia e o cansaço excessivo se instalam rapidamente.
Depois, a frequência cardíaca de repouso fica elevada, ocorre uma mudança na alimentação com perda de apetite e, consequentemente, de peso.
O sistema imunológico fica enfraquecido dando espaço para infecções pulmonares sem falar nas alterações hormonais.

Mas você pode ficar longe disso com atitudes muito simples!
Tire um dia de folga e avalie seu corpo antes de começar uma nova atividade.
Outra recomendação bem comum é alternar a prática escolhida com alongamento, yoga, ou pilates.

Assim como a automedicação, a prática de atividade física sem orientação adequada também oferece risco a saúde.
Procure um profissional capacitado para estabelecer o programa de exercícios que atenda suas expectativas e estabeleça como deve ser essa prática, respeitando seus limites fisiológicos.
Só assim pode-se alcançar os objetivos do treinamento com rapidez e segurança.

Deixe sua opinião e comentário aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.