| Colorindo a dieta com Abacate |

Eu sei que muita gente torce o nariz quando o polêmico assunto “abacate” surge junto a prática de  dietas. E sentem calafrios só de pensar em levar a fruta para casa!
Fato é que se até bem pouco tempo atrás, o abacate era considerado um grande vilão por seu alto valor calórico (cada 100g da fruta oferece perto de 95-100 calorias e aproximadamente 8,4g de gorduras (ah!!!), sendo 2,3 g saturadas) hoje ganhou status de mocinho.
A ciência a ciência já esclareceu ser ele um alimento funcional, capaz de auxiliar até na prevenção de doenças cardiovasculares! 

2014-09-12-o-valor-do-abacate

É isso mesmo!
Os amantes da fruta de três origens diferentes: a guatemalteca, antilhana e mexicana, podem festejar porque pesquisas comprovam que ele traz benefícios mesmo quando o assunto pesa na balança.

Quando se pensa em dieta, as frutas logo se tornam aliadas ao processo de emagrecimento já que proporcionam a sensação de saciedade. Acontece que enquanto a maioria delas é rica em carboidratos, garantindo energia, o abacate é composto, em sua maior parte, por gorduras.

Pronto, está aí o motivo para muitas pessoas torcerem o nariz e resistirem a incluir a fruta na alimentação.

Mas, se a princípio essa parece uma característica ruim, a ciência já explicou os benefícios do abacate para a saúde e boa forma.

2012-04-13- abacate pode - 02

 Para começar, ninguém pode negar  que é rico em calorias  por sua alta taxa de gordura mas seu diferencial está justamente aí: 70% delas são monoinsaturadas, a maioria de ácido oleico, e o restante é composto por gorduras poli-insaturadas (ômega-6 e ômega-3) e saturadas (ácido palmítico ). Sabe o que isso significa?

O ácido oléico (graxo monoinsaturado) é a mesma substância encontrada no azeite de oliva, capaz de prevenir e auxiliar no tratamento de doenças crônicas, além de ser anticoagulante.
Já o ômega 6 está relacionado à redução do colesterol total e do colesterol ruim, enquanto que o ômega 3 ou ácido alfa-linolênico (ALA) é necessário para a manutenção das membranas celulares, funções cerebrais e transmissão de impulsos nervosos.

Nos últimos anos as pesquisas avançaram e já é possível afirmar que o óleo de abacate possui em sua concentração substância bioativas capazes de prevenir e controlar os níveis elevados de lipídios no sangue, ou seja, seu consumo regular e moderado, repleto de Omega 9, auxilia na diminuição dos níveis de colesterol total e dos triglicérides que circulam pelo sangue.

E tem mais. Ele possui beta-sitosterol, um tipo de extrato vegetal que inibi a absorção do colesterol no intestino, colaborando com a redução das taxas do mau colesterol (LDL). O resultado disso você pode imaginar: mais saúde para o coração!

Pensando nisso, nutricionistas afirmam que seria interessante substituir parte das gorduras de carnes vermelhas pela do abacate, duas ou três vezes por semana.
Mas aí não adianta comer um monte de frituras usando óleo de abacate e achar que está resolvido o problema. A regra continua sendo moderação.

Além dos macronutrientes, o abacate contém uma variedade muito grande de vitaminas e minerais. Destacam-se as vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina A, vitamina E, vitamina A, cobre, manganês, magnésio, fósforo, potássio e zinco.

A presença da Vitamina E também dá uma forcinha no combate ao colesterol impedindo a oxidação das gorduras no sangue, evitando que os vasos sanguíneos sejam bloqueados. Esse nutriente está envolvido no processo de rejuvenescimento, já que a fruta possui uma substância chamada glutadiona, um poderoso antioxidante que bloqueia 30 agentes cancerígenos diferentes. Além de controlar o processo de envelhecimento, previne e controla a ação dos radicais livres.

Fonte impressionante de fibra – 10g correspondem a 40% de toda a quantidade de fibra recomendada diariamente, é agente auxiliador no processo de emagrecimento, mantendo a fome sobre controle além de ajudar no funcionamento do intestino

Indicado pela medicina natural para pessoas com problemas digestivos, estomacais ou fraqueza de modo geral ajuda a fazer as pazes com o travesseiro. A vitamina B3 presente na fruta equilibra os hormônios que regulam as substâncias químicas cerebrais responsáveis pelo sono.
Como é rico em potássio, regula a atividade dos músculos e proteger o organismo contra derrames.

Agora que você já conhece alguns dos benefícios dessa fruta, não feche os olhos para ele, basta ter bom senso na hora de consumir.
Nada de colocar aquela colherada de açúcar ou exagerar no consumo.

E se você precisa de ajuda para incorporar essa delícia em sua rotina alimentar, entre em contato e para receber receitas customizadas especiais para você! É só escrever para contato@vivigibertoni.com ou deixar sua mensagem no www.facebook.com/ViviGibertoni.
Sem desculpas para ter uma alimentação saudável!

assinatura
programando a mente para ser feliz!

Deixe sua opinião e comentário aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.