| O primeiro ano do bebê|

Falar sobre bebês é sempre uma delícia, principalmente quando podemos observar como acontece sua evolução biológica e ambiental, como reagem e como o mundo os deixa fascinados!!!
A cada dia eles aprendem algo novo, mas há habilidades que são esperadas a cada mês por pediatras, psicólogos e fonoaudiólogos. Você sabe quais são?

primeiro ano do bebe

Mamães, apesar de todo o acompanhamento de super profissionais está em suas mãos tornar seu filho mais esperto e conectado com esse novo mundo.
Por isso, é bom conhecer o que cada fase representa na evolução do seu pequeno e aproveitar ao máximo dessa relação!

Durante o 1° mês, o bebê já reconhece sua voz e o paladar do seu bebê está mais desenvolvido que a visão. Por isso é muito importante prestar atenção ao tom e ritmo da sua voz, escolha as palavras e descreva o carinho que você tem, principalmente nos momentos em que está em seus braços.

No mês seguinte, ele começa a emitir os primeiros sons e a sorrir voluntariamente. Sorria com ele! Expresse alegria e incentive essas reações positivas.

A partir do 3° mês, ele irá tentar sustentar os músculos do pescoço, ampliar seu campo de visão e a explorar o mundo. Aproveite para descreve tudo a sua volta: “olhe que rosa vermelha linda”, “você ouviu a porta do carro do papai batendo?”.
É nessa fase também que ele aprende a levar a mão a boca, e no mês seguinte, é a vez de colocar objetos na boca! Observe quais as cores que chamam mais atenção e providencie objetos apropriados para isso.

Sua visão está mais desenvolvida então, segue pessoas e objetos com os olhos e consegue ficar sentado com apoio por alguns minutos. Quando sair para passear, outros rostos, sons e cores da rua irão despertar naturalmente a curiosidade dele. Mas cuidado para não deixá-lo agitado demais.

Não demora nada e no 5° mês ele estará girando sobre o abdome e realizando movimentos mais voluntários. É um pequeno passo para o que vem a seguir.
Aproveite e massageie delicadamente braços, pernas e a barriga dele. O contato favorece as sensações de afeto e de segurança. A hora de trocar a fralda também pode ser uma diversão. Leves toques na barriguinha e no bumbum despertam o sentido do humor. Mas cara feia ou beicinho significa que é hora de parar

Colocar seu pequeno em frente ao espelho será uma experiência encantadora. Ele não se reconhece ainda – o que vai ocorrer a partir de 1 ano. Mesmo assim, desde cedo brinque com ele em frente ao espelho e mostre “novidades” como o umbigo e o nariz.

No 6° mês o bebê ganha equilíbrio e coordenação, ainda que inicial. Já consegue se expressar utilizando diferentes tons para demonstrar raiva, alegria, dúvida ou sono.
Preste atenção porque é aí que você inicia um processo de conversação! Olhe nos olhos do seu bebê, dê atenção a ele quando emite os sons porque já tem consciência do que quer!

A partir daí tudo parece andar tão rápido. Entre o 7° e o 9° mês aprende a bater palmas, senta com apoio, estica os braços, alcança objetos, pede colo, engatinha… enfim, começa a ocupar seu espaço no mundo!
Brincar de esconder é uma divertida atividade. Seja com um paninho cobrindo o rosto, depois com objetos até mesmo com o aparecer e desaparecer. Isso tudo prepara o bebê para lidar com momentos de separação, sabendo que há o momento de ir e o momento da volta.

Já é hora de trabalhar o olfato. Deixe que eles percebam o cheiro dos alimentos, o perfume do sabonete e até cheiros desagradáveis para que eles saibam diferenciar as sensações que causam.

Também é a fase onde começam a imitar sons e pronunciar algumas expressões. Por isso, fale com ele, o tempo todo. Converse sobre a alegria dele estar ali, de como ele é importante, como tem muita gente que gosta dele… enfim, fale coisas agradáveis de forma tranquila e faça pausas entre as frases. Assim ele irá perceber que há um momento para falar e outro para ouvir.   É uma delícia essa fase e a interação é enorme.

No 10° mês mamãe, você já irá reconhecer quando está com medo, alegria ou irritação pelas expressões faciais. Ele experimenta ficar de pé por mais tempo e tenta falar constantemente.

Quando chega ao 12° mês, pronuncia suas primeiras palavras e ganha segurança para abandonar o apoio e dar os primeiros passinhos. Mas calma, ainda falta um pouco para que ele saia sozinho, corra por aí, suba ou desça escadas. Isso só acontece lá pelo 18° mês.
Movimente o corpo do bebê com suavidade para os lados, deite-se no chão e deixe que ele escale você. Ele precisa aprender o que lhe agrada ou não.
Apenas no 24° mês o cérebro está totalmente formado.

Invista em acessórios e brinquedos adequados a essa faixa etária: móbiles de berço, bolas e dados de tecido, livros de banhos com figuras e chocalhos. Aposte em brinquedos com cores vivas, musicais e sons alegres, em material lavável e atóxicos.
E não deixe nunca de conversar com seu pediatra sobre a evolução do seu pequeno.

assinatura

programando a mente para ser feliz
contato@vivigibertoni.com

Deixe sua opinião e comentário aqui!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.